#038: Todos os versos bíblicos para condenar os homossexuais!

No PDF a seguir, disponibilizo os versos1 da Bíblia que dão base à compreensão tradicional de que a homossexualidade é pecado.

Sugiro a leitura dos versos (e das passagens – nunca se apoie em versos isolados!), e a comparação das traduções que listei no PDF, as quais são, nessa ordem: Almeida Revista e Corrigida (que é a usada na CCB), Nova Versão Internacional, Almeida Revista e Atualizada, O Livro, Versão Católica e a Nova Versão na Linguagem de Hoje). Essas traduções podem ser acessadas facilmente por meio de aplicativos e sites gratuitos. Recomendo esses dois:

Bíblia Online: www.bibliaonline.com.br

YouVersion: www.bible.com (Esse tem app para celular. Instale, faz bem!)

Resumidamente, espero que compreendam, algum dia, que com base o Velho Testamento, o termo sodomita parece estar muito associado a homens prostitutos cultuais. Por vezes, o termo é associado junto da prostituição feminina. Se o homem já possuía papel dominante em relação à mulher, o que parece razoável pressupor, essas prostitutas e prostitutos não serviam sexualmente apenas aos homens? Talvez seja devido a isso a “admiração” de Paulo em Romanos 1, ao dizer que “até as mulheres, agora, estão se inflamando entre si”, já que as mulheres, até então, eram prostitutas (cultuais) para os homens (?). Aliás, o contexto de Romanos 1 está explicitamente associado à idolatria e ao culto pagão com suas orgias, assim como esses versos do Velho Testamento que fazem referência ao termo sodomita ou similares.

Será que os versos de 1 Timóteo 1:10 e 1 Coríntios 6:10, mais isolados de qualquer contexto que ajude a entender a que se referiam os termos, também poderiam estar associados a esse caráter de idolatria? Se não podem, é importante destacar, por exemplo, que esses mesmos versos dizem que os “injustos não herdarão o reino dos céus”! E quem é que pode declarar-se justo? Também dizem, em pé de igualdade em relação à condenação temerária aos homossexuais, que os mentirosos não entrarão no reino dos céus. Porque é que cristãos fundamentalistas não abominam (ou não dizem que Deus abomina, como fazem para se esquivarem de preconceitos próprios), igualmente, a mentira e, por vezes, até mentem? É bom lembrar que em Apocalipse condena-se quem “ama ou comete a mentira”!

E quanto aos adúlteros também condenados nos versos citados de 1 Coríntios e 1 Timóteo? Por que é que, depois de um tempo, eles até podem ser razoavelmente bem recebidos nas igrejas, contudo, o homossexual jamais o é?

Se os “fornicadores” também estão excluídos, nos mesmos versos, por que é que há alguma tolerância para aqueles que cometem fornicação (no sentido entendido pela igreja, de sexo antes do casamento), mas aos homossexuais, nunca?

Como é que meia dúzia de versos fazem o homossexual abominação indiscutível e, outras dezenas ou mesmo centenas não fazem o heterossexual adúltero ou fornicário igualmente abominável? Alguns pais de jovens que fornicam no mínimo se entristecem e acolhem o filho que “errou” (mesmo que acreditem que a fornicação é “pecado de morte”), fazem o casamento deles e jamais, jamais, os chamam de abominação, nem de endemoniados, nem de doentes!

Se isso não for dois pesos e duas medidas, não sei o que é! Inclusive, se se fizer Levíticos valer para condenar os homossexuais, é bom ler Levíticos 19:35 que diz “não cometereis injustiça no juízo”. Condenem e excluam os homossexuais, sim, mas igualmente a dezenas de outras pessoas: mentirosos, invejosos, lascivos, caluniadores, obcecados por acumular dinheiro ou riquezas, maldizentes, sem palavra firme, que gostam de comilança… Apenas cuidado para, condenando a todos assim, você não condenar a si mesmo mesmo (“Por isso, é inescusável quando julgas!” – Romanos 2) e “cair da graça”. Aliás, a única referência na Bíblia para a expressão cair da graça, que ocorre em Gálatas 5:4, faz referência àqueles que confiam em obras, não em justificação por fé em Cristo.

Resta compreenderem, então, que o termo homossexualidade (muito atual e que se refere à homoafetividade também) nada tem a ver com a idolatria denunciada em tais versos e contextos. Tão pouco a homoafetividade tem a ver com as orgias dos cultos pagãos! A homoafetividade sequer tem a ver com a promiscuidade que se nota entre heterossexuais!

Se não podem ter certeza dos pensamentos de Deus e de Seus juízos, no mínimo, conheçam aqueles a quem estão apedrejando e matando em nome do Amor de Jesus e do zelo pela Obra.

Como não podem ter certeza, continuo preferindo estar no juízo de Deus, que conhece os pensamentos e os segredos do coração, do que na mão das pessoas, pois, é como está escrito: “Não há um justo, nenhum sequer! Não há ninguém que faça o bem. Veneno de serpentes está nos seus lábios”.

Foto adaptada de Unsplash, Joel Muniz

1 Posso ter deixado passar alguma passagem ou mesmo desconhecer. Se for o caso, avise-me para que eu atualize a lista. Acredito que não listei apenas Romanos 1, por ser bom ler o trecho todo. Leia! No texto #023 falo sobre isso. Também é comum associarem a destruição de Sodoma e Gomorra, de Gênesis 19, à homossexualidade. Sobre isto, você pode ler o texto #012 desse blog.

TAGS: homossexual, homossexualidade, gay, lésbica, bissexual, transexual, travesti, intersexual, assexual, CCB, Congregação Cristã, LGBT, LGBTI, LGBTIA+.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s